Agende seu serviço, nós vamos até você

REDES SOCIAIS

CENTRAL DE
ATENDIMENTO

0800 887 0929

19.07.2017

BRASIL: o país dos lançamentos defasados

Em um país onde tantos são apaixonados por carro, porque demoramos tanto para receber as novidades?

Inaugurando as publicações em nossa página, gostaríamos de tocar em um tema que nos perturba bastante no cotidiano do mundo automotivo, e já perturbava antes mesmo de a STRIKE BRASIL ganhar vida: o atraso das novidades automotivas a chegarem em nosso país. O que queremos dizer com isso? Vamos lá.

A matriz da STRIKE BRASIL foi localizada por muito tempo -até recentemente quando transferimos as operações da Franqueadora para a capital do estado-, na cidade de Ponta Porã/MS, que faz divisa com o país vizinho, o Paraguai. Por esse motivo, sempre tivemos essa discrepância nos lançamentos muito mais “escancarada” que no resto do Brasil. Os exemplos já são quase rotina por aqui:

A foto que ilustra essa publicação foi tirada no lançamento da nova Frontier em Assunção -em Junho de 2015! Há 2 anos vemos as “novas” Nissan Frontier, sendo vendidas e circulando no Paraguai. Não só o modelo “top de linha” LE -como atualmente no Brasil- e sim todas as versões, desde a básica “S”, até a mais completa “LE Exclusive”. O lançamento no Brasil da nova Frontier aconteceu apenas há alguns meses, em Abril.

Outro exemplo atual é a nossa picape média favorita, a Volkswagen Amarok. Há 2 meses já foram iniciadas as entregas das primeiras Amarok V6 no país vizinho, enquanto no Brasil a VW segue ainda sem data de lançamento exata,- embora já existam várias em território nacional-. Ainda sobre a Amarok: você sabia que já existe a Amarok movida à gasolina -com motor 2.0L TSI- à venda fora do Brasil? Sim! Sabe há quanto tempo? 5 anos! São 5 anos em que a Ford, com a Ranger; Chevrolet, com a S10 e Toyota com a Hilux, reinam sozinhas no segmento “flex”; e 5 anos em que o consumidor Brasileiro tem uma opção a menos de compra...

Poderíamos continuar listando muitos outros exemplos, mas preferimos deixar alguns para as próximas publicações, e finalizar com um apelo às montadoras Brasileiras: parem de deixar o consumidor Brasileiro em segundo plano! Queremos que nos seja dada a atenção que merecemos, afinal, não muito tempo atras éramos o 4º maior mercado de automóveis do mundo.
 

Site Desenvolvido por: